22 de jun de 2009

4 8 15 16 23 42


Recentemente, acabei constatando que ter um blog é quase como ser um personagem de Lost. É ótimo viver nesta maravilhosa(e surpreendente!) ilha que é a blogosfera, mas me sinto obrigada a atualizar o Vestígios com quase a mesma frequência que Jack/Locke/Desmond tem que digitar a série de números acima, no computador da Escotilha.
O que irá acontecer comigo se eu demorar de apertar o botão "Nova Postagem" do Painel? Que angústia é essa que toma conta de mim quando o blog fica parado? Por que não suporto ver meus posts se tornarem passado?
Desta vez, vou tentar cumprir a promessa de ficar um tempo sem postar aqui. Preciso dar uma volta mais demorada pelo mundo real. E, desde já, aviso: se eu voltar em menos de uma semana, por favor, numa "rehab de blogs", vocês têm que me internar.

14 comentários:

Bárbara Jolie disse...

Renata
Cada vez que você diz que vai deixar o blog parado fico pensando como ficarei sem seus textos. Deixo que vá dar uma volto no mundo real, mas, (rs) fica combinado uma semana só!!

Marcus Gusmão disse...

Como ninguém sabe o que pode acontecer, não arrisque.

elmirdad disse...

"No, no, no".

aeronauta disse...

Vê se deixa essas férias de lado e continue escrevendo. A blogosfera é um mundo tão bom, onde não é necessário ter férias.
Grande abraço, amiga.

Renata Belmonte disse...

Fofos!
bjs

Nilson disse...

às vezes um blog é apenas um blog, mas só às vezes. Eu, você, não largava. Eu, eu mesmo, torço exatamente pra isso. Rehab seria pra todos nós, como se vê!!!

maria guimarães sampaio disse...

a gente vai... a gente volta!

Lidi disse...

Renata, eu até entendo que você queira tirar umas férias, mas se decidir voltar em menos de uma semana, não te interno não! :) Um beijo!

Chorik disse...

Continua apertando o botão Renata! Os perdidos de cá agradecem.
Bjks

ricardo gessner disse...

entendo...

quando apertamos o botão nos sentimos mais vivos. não é ser dependente de blog. não é isso.
mas cada vez que que é apertamos o botão dá a sensação de que pensamos alguma coisa, por mais simples que seja ou possa parecer...

a arte escraviza...
e isso é bom!
:)
bjos

Vieira Calado disse...

Por meu lado...

vou fazer por isso...

Bjs

Luli Facciolla disse...

E-amiga!
Indiquei vc lá no meu blog para receber o selo de blog humanista!
Quando puder, vá lá conferir!

Beijos!

Janaina Amado disse...

Vou ficar com saudades, volte looooogo, mas volte sem angústia, viu?

Andréia M. G. disse...

Renata, siga o que seu coração mandar. Bjo grande!