16 de dez de 2008

Era uma vez a vida...


Tenho o enorme desejo de assistir a dois filmes raros. O primeiro deles é Trinta anos esta noite do Louis Malle. O segundo é Era uma vez em Tóquio do Ozu. Durante todo o ano, procurei tais raridades para locar ou comprar, mas não encontrei. Há uma cena deste filme do Ozu que foi narrada pelo João Moreira Salles no seu excelente Santiago e que nunca saiu da minha cabeça. Acho que é assim: uma personagem olha para a outra e faz a seguinte pergunta:

- A vida não é uma decepção?

Eis que esta com um grande sorriso no rosto, responde:

- Sim, é sim.

Sim, é sim.

11 comentários:

Iêda disse...

Sim, uma grande decepção. A vida nunca é exatamente o que queriamos que ela fosse.

Desejo que encontre os filmes.

Abraços e uma ótima semana para você!

Iêda

Marcus Gusmão disse...

É uma grande e bela sequência de decepções! E normalmente com final de filme europeu.

Bernardo Guimarães disse...

às vezes, renatinha, às vezes. outras, é um grande barato.

Chorik disse...

Acho que a decepção não é a vida. Somos nós. Mas minha opinião hoje não vale.
O filme do Ozu foi lançado em DVD, mas com o título de Contos de Tóquio e tem lá na livraria cultura, à venda pela internet. Mas se estiver em Sampa, vá se puder à loja do Conjunto Nacional. Dê uma ligada antes para a loja 3170-4033. Abs

aeronauta disse...

Cortante a resposta.

Anônimo disse...

A vida, na maioria das vezes, é "O que não pode ser!"

Eliana Mara Chiossi disse...

Renata,

e o que nos salva é responder, afirmativamente, a esta questão.
Mas é uma decepção com alguns lances de cinema, não acha?

Bom estar por aqui!

Luciana G. disse...

Não, a vida não é uma decepção.

Nossa expectativa (de e da) vida é que é...

TRinta Anos Esta Noite! Que vontade meu deu em rever o filme!

Abraço!

Ricardo disse...

Oi...
postagens extremamente provocativas, no bom sentido. a vida não é uma decepção... são várias decepções, assim como são várias alegrias e várias outras coisas...

adorei a da 'nas minhas férias...' também fico um pouco perdido nesse período. Porém adoro, porque é quando coloco minhas leituras em dia, tenho tempo pra escrever e produzir melhor...

bjo

Jana disse...

Eu já acho que a vida é bacana.
O que estraga são as pessoas.

Ah!
Lembrei de uma cena de um filme chamado Porcos e Diamantes:
- Você sabe alguma coisa que eu não sei?
- Eu devo saber muitas coisas que você não sabe.

Rararara.
Adoro essa.

Beijoca bêibe
:)

Chorik disse...

Feliz por saber. Já viu ou vai deixar pra depois? Depois conte-nos suas impressões, se valeu a espera. Bjs