3 de nov de 2007

Síndrome Carrie Bradshaw



Recentemente, no lançamento de um livro, encontrei com a Anna e com a Mônica Menezes. Conversamos bastante, foi muito bacana. Nosso assunto principal? Não, nada de Clarice ou Hilda. Falamos sobre calçados. Isso mesmo: sandálias e sapatos.
É certo que nós, mulheres, amamos tal tema. A queridíssima Mônica me disse que uma das primeiras coisas que ela olha numa outra mulher é o sapato que esta está usando. Achei isso bem curioso, pois percebi que também ajo assim. E acabei me lembrando de meu irmão, que nada entende de moda, mas que sempre me diz que eu deveria usar mais sandálias rasteiras (e condena com vigor qualquer espécie de bota).
Ora, mas não é que descobri, nesta semana, que um dos meus artistas favoritos também tem um fetish por sapatos? Não, Carrie, desta vez não me refiro à você. Falo do David Lynch. Que fotografou os sapatos do Louboutin e está expondo o resultado disso tudo na
Galerie du Passage, em Paris. Eu vi algumas das fotos e achei incríveis. Bem a estética do mestre!
No mais, desejo para vocês um sábado bem no clima deste post: repleto de glamour!


PS: As fotos acima são de autoria do Sr. Lynch.

9 comentários:

Ricardo Belmonte disse...

oi pequena,
tudo bem por aqui,
ainda nao achei um cartao pra ligar pra vcs e meu cel nao esta ligando mesmo!
diga a meu pai que to com saudades!
de um beijo em minha mae!

te amo!
seu irmao!

aeronauta disse...

Oi, Senhorita B.: nos conhecemos sim; claro que nos falamos poucas vezes, mas deu para perceber que você é uma pessoa adorável. Sem contar que li todos os seus livros... E vi que sua alma também é adorável. Só está faltando na minha biblioteca o último livro. Onde encontrá-lo?

Luíza disse...

olá.
minha última aquisição para os pés foi um sapato que, quando meu pai viu começou a rir. Uma sapatilha com recortes de jornal. Sapatos, sim! Eu também os gosto.
Beijos Renata!!

Anna disse...

A propósito... comprei um lindo sapatinho ontem. Re, as coisas do mundo também podem ser adoráveis, né?
bj

Antonio Dias disse...

Pelo visto em todos os blogs ocorre o mesmo fenômeno: os "amigos" propõem e conseguem do "autor" a auto-enganação. Cuidado! Literatura mesmo têm que conseguir leitores espontâneos e não bajulação pura e simples.

Personagem Principal disse...

Ai, se meu dinheiro desse...

O. disse...

Coitadinho do Antônio Dias (mais um escritor baiano despeitado, certamente), gasta a vida percorrendo os blogs e colocando em todos a mesma mensagem... de aversão indignada, de apurado senso crítico, de censor do mundo. Até parece que é um grande leitor. Um pequeno grande leitor, de blogs! "Frangamente"!

Mônica disse...

Oh, Renata, obrigada pela lembrança. Beijos, Mônica

anjobaldio disse...

Adoro todos os filmes do Sr. Lynch. Ainda não vi Império dos Sonhos.