7 de nov de 2007

Das cenas insólitas da minha vida: parte 01

Na noite de ontem, fui à uma festa na galeria Paulo Darzé. E, quando estava deixando o local, fui abordada bruscamente por um mendigo esquálido, com cara de drogado. Senti um frio tomar conta de mim, já era madrugada, a rua estava bem escura... Pensei: Ops! Desta vez, me dei mal. Mas, de repente, uma voz rompeu o silêncio torturante:
- Noooossaaaaaaa! Que vestido lindo! Fashion! É por isso que gosto de pedir dinheiro aqui na Vitória: só vejo gente chiqueeee!
- Sai daqui, sua bicha, pare de incomodar as pessoas!- falou o segurança do lugar que acabou aparecendo para me "socorrer".
Minutos depois, passado o susto inicial, eu só fazia rir. E na hora de dormir, acabei constatando: eu quase agi como Tatiana, a personagem "ordinária" do meu conto Sandálias vermelhas. Paguei bonitinho a língua. Depois ainda me perguntam porque me tornei escritora...

9 comentários:

Personagem Principal disse...

Trocentas mil gargalhadas!

versoseperversos disse...

Acabei de ler seus dois livros:Femininamente,O que não pode ser,gostei de ambos.Boa sorte e pisa fundo no acelerador da caneta...

Renata Belmonte disse...

Obrigada, Versoseperversos!Fico muito feliz em saber disso!
Abraços,
Renata

Luíza disse...

cena insólita é apelido.. mendigo gay... não há o que não haja...

beijos

Maria Muadié disse...

Renata, fiquei muito feliz por você ter me linkado.
Sempre venho aqui. Um beijo,
Martha

Kinha disse...

Naty,
Porque essas coisas só acontecem c vc????
Adoooooreiii!!!!!
Até agora eu riu dessa história!!!!
Rs!!
Bjo

Álvaro disse...

haha, essa foi boa mesmo... pelo ejito o mendigo vai ali é para conferir os modelitos. esmola é segundo plano. hehe

Manuela Magalhaes disse...

kkkkkkkk...essa foi boa amiga!!!!
Como vc tá? Nunca mais entrei no seu blog, mas hj entrei e estou me atualizando...nem no meu tenho entrado...fiquei um tempão ausente e agora volto!!! rs.
Eu saí da TVE...estou na TV+ de vez...qndo der me assista, canal 12 da NET!!! O dia todo!!!

Bjaooooooooooooo

Eliana Mara disse...

Renata, estou visitando seu blog pela primeira vez. Quero ler os seus contos. Tem como conseguir os livros:?
Abraços.