29 de mai de 2009

Da breve diferença entre sonhar e fantasiar



"Sonhos e fantasias se misturam na alma, você fica com o ônus de distinguir uns dos outros. Geralmente, é pelos frutos que se reconhece esta diferença. Sonhos produzem evolução e felicidade, fantasias só redundam em decepção. "

Oscar Quiroga para Peixes em 29/05/09
Concordam?

8 comentários:

Ricardo disse...

felicidade não provém somente de sonhos. cada um tem o seu caminho. seja pela busca de felicidade ou não.

existe, sim, uma diferença entre sonho e fantasia. uma diferença sutil... discordo que seja a de que sonhos redundam em felicidade e fantasias em decepção. fantasia é quando pensamos nas coisas como poderiam ser mesmo sabendo que não vão mudar, pensar o passado como poderia ter sido, imaginar se pudéssemos voar por conta própria, ficar literalmente invisível, etc... isso não resulta em decepção e, além de tudo, é necessário.
sonho é aquilo que nos propomos a fazer e conseguir.

decepção e felicidade são necessárias. nos tornam mais humanos e ajudam a crescer.

bjos

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

Sou de peixes, mas sou ateu, mas às vezes não resisto uma olhadinha no horóscopo... ser de peixes é muito ruim, peixes não morre pelo anzol, morre pelo coração

Viviane Costa disse...

Acho que as fantasias têm algo de inverossímil, algo que não merece crédito. Algo que não poderia mesmo ser realizado. Mas acho, também, que nem sempre sonhos são realizados, muito embora possam ser. Diante disso, a felicidade, na minha humilde opinião, está no processo de sonhar, no período em que se sonha. A felicidade não se materializa com a concretude dos sonhos. Apenas proporciona um momento de gozo absurdo, em que logo depois a gente vira pro lado e dorme.
Gostei desse post. Vai dar pano pra manga...
Bjs, amiga. :)

Marcus Gusmão disse...

Concordar é o mínimo. O duro é distinguir.

maria guimarães sampaio disse...

muito de minha escrevinhação nasceu da fantasia.

Bernardo Guimarães disse...

sinhos e fantasias são essenciais para a felicidade!

Janaina Amado disse...

Não concordo! Fantasiar é preciso -e é criativo, libertador e divertido.

Andréia M. G. disse...

Difícil distinção. Certo é que ambos, sonhos e fantasias, fazem bem á alma! Bjos!