14 de fev de 2009

Voz sem saída



A capa é linda. E ela, a protagonista sem nome deste romance, é jovem e tem como único objetivo conseguir o amor de um homem que é casado com um "anjo". Não, este livro não trata apenas disso. Há uma solidão em todos nós que apenas a grande literatura pode traduzir. Não, não acho Voz sem saída tecnicamente perfeito. Mas, apesar desses maus momentos, ele tem força e beleza. Céline Curiol publicou este seu primeiro romance aos vinte e nove anos. Eu o li aos vinte e seis. Nunca o esqueci. Hoje, fiquei surpresa ao descobrir que nunca tinha falado sobre ele no Vestígios. Minutos depois, encontrei uma explicação para meu aparente comportamento desligado. Certos livros são tão especiais que os tomamos como nossos, sentimos ciúmes dos outros leitores. Este livro é meu. Nos dias em que vejo tudo cinza, acho promíscuo ficar falando sobre tudo que forma aquilo que entendo como "eu" ou chamo de "minha" literatura. Nada pode ser mais íntimo que isso. Nada.

9 comentários:

Anônimo disse...

Eu nunca li um livro tecnicamente perfeito, tampouco um imperfeito.

Gerana Damulakis disse...

Quanto a mim, preciso escrever sobre o que li, preciso despertar o interesse das pessoas para, então, falarmos sobre o livro.
Este é mais um ponto para aquele texto sobre "o inverso", lembra?

Renata Belmonte disse...

Gerana,
Sou louca para ler seu texto! Acho que vou adorar!
Beijos,
Renata

GNPB disse...

Na vida só brigue com quem você possa dar um murro.

Renata Belmonte disse...

GNPB,
Vc é meu maluquinho favorito!
Bjs

Universo Subconsciente disse...

Que espaço incrível você tem aqui. Se me permite, vou colocar o seu link no meu humilde espaço para não esquecer de voltar.

Renata Belmonte disse...

Obrigada, Raquel. Vou linkar o Universo Subconsciente tb.
Beijos,
Renata

Anônimo disse...

Claro, apareça sempre Senhor Universo Subconsciente. Somos muito importantes para a alimentação do ego da artista Renata Belmonte.

On The Rocks disse...

compreendo. eu também sou assim com alguns livros e discos meus.

bj