19 de set de 2007

Devastação, ela disse.

"Certo dia, no hall de um prédio público, um homem veio até mim. Ele se apresentou e disse: Eu a conheço desde sempre. Todo mundo diz que a senhora era bonita quando jovem. Eu vim lhe dizer que, para mim, a senhora é mais bonita agora. Gosto menos de seu rosto de moça do que o de agora, devastado."
Início de O Amante de Marguerite Duras. Sem dúvidas, uma das minhas obras favoritas.

8 comentários:

Vivz disse...

Recebeu meu email?

fernanda garibaldi disse...

Quantas vezes meu pensamento se deteve em algumas passagens desse livro?
Também gosto muito,Renata.
E é sempre muito forte revisitá-lo.
Beijos!

ediney disse...

" Gosto menos de seu rosto de moça"
Gosto também deste romance, gosto de como a dor, a paixão e o silêncio são elegantemente escritos

Palavras e co-lirius disse...

Acho que chegou a hora de lê-lo...não há como deixá-lo para depois então, dando prioridade a uns e outros...

O Sibarita disse...

Oi dona menina! kkk Xiiiii esse livro eu não li, mas, pelo visto deve ser dez! Ah vou procurar comprar sim!

Bom texto esse heim?

bjs
O Sibarita

Renata Belmonte disse...

Beijos para meus leitores queridos!

Maria Muadié disse...

Marguerite � uma das minhas favoritas.

M. Gallo disse...

Um belo livro que originou um filme banal, que desagradou até mesmo à autora. Abraço, e grato por sua visita, M.