15 de set de 2007

Cantem comigo:

Quero me encontrar, mas não sei onde estou
Vem comigo procurar algum lugar mais calmo
Longe dessa confusão e dessa gente que não se respeita
Tenho quase certeza que eu não sou daqui
Acho que gosto de São Paulo
Gosto de São João
Gosto de São Francisco e São Sebastião
E eu gosto de meninos e meninas
Vai ver que é assim mesmo e vai ser assim pra sempre
Vai ficando complicado e ao mesmo tempo diferente
Estou cansado de bater e ninguém abrir
Você me deixou sentindo tanto frio
Não sei mais o que dizer
Te fiz comida, velei teu sono
Fui teu amigo, te levei comigo
E me diz: pra mim o que é que ficou?
Me deixa ver como viver é bom
Não é a vida como está, e sim as coisas como são
Você não quis tentar me ajudar
Então, a culpa é de quem? A culpa é de quem?
Eu canto em português errado
Acho que o imperfeito não participa do passado
Troco as pessoas
Troco os pronomes
Preciso de oxigênio, preciso ter amigos
Preciso ter dinheiro, preciso de carinho
Acho que te amava, agora acho que te odeio
São tudo pequenas coisas e tudo deve passar
Acho que gosto de São Paulo
E gosto de São João
Gosto de São Francisco e de São Sebastião
E eu gosto de meninos e meninas

Pronto. Já me sinto mais aliviada.
Tenho quase certeza que eu não sou daqui...

3 comentários:

Carina Gabriele disse...

Canto sim! ;)

Certas músicas, muitas vezes, falam pela gente. E nos proporcionam um alívio incrível por sabermos que um dia, conseguiram transmitir nosso sentimentos, através de uma melodia e uma letra. ;)

Beijo grande.

Luíza disse...

Cantei. eu tambem concordo com a carina. as musicas sempre falam pela gente. e eh tao bom quando ouvimos aquela musica!
aquela musica..

Beijaoo

O Sibarita disse...

Aiaiaiai kkkk Né daqui não né fia? Tá bom! kkkk Abduzida foi? kkkkk

Renato Russo é fora de série, soube como ninguém expor nas suas letras o seu momento, a sua lucidez, a sua solidão e os seus desejos sem se importar com o que fossem pensar, eis ai um gênio!

Ô dona menina, desculpe-me, pela demora em vir aqui e lhe falar dos Curtas do David Lynch eu por vêzes viajo a trabalho.

Olhe os curtas eu os assistir na Cidade de Groninga (Holanda), onde, fui fazer um curso isso pelos anos 78/81.

Groninga é uma cidade eminentemente estudantil com várias atividades culturais. Foi dai que passei a conhecer o David.

Dei uma burrada retada não troxe de lá os Curtas pensando encontrar por aqui e cadê fia? kkk Não encontrei foi nada, me lenhei!

Não sei se já existe por aqui, me retei e nunca mais procurei.

Há uns cinco anos atrás fui informado que a Sala Valter da Silveira tinha passado alguns curtas do David, mas, não sei se é verdade eu na época não soube disso.

Fico em falta com você se eu descobrir alguma coisa lhe informo porque também gosto. ok?

Se zangue não, viu dona moça?

bjs,
O Sibarita