19 de mar de 2009

Tiny Dancer e o lançamento

Sobre o lançamento do Vestígios, apenas quero dizer que, durante quase todo o tempo, eu estava emocionadíssima. Mas aguentei firme, pois não queria sair com os olhos borrados nas fotos. No avião de volta para São Paulo, tocava no meu MP3 a música Tiny Dancer. E, quando as luzes se apagaram, chorei. Me lembrei dos meus e-amigos Bernardo, Vera, Maria, Martha, Miro, Personagem Principal, Mayrant, Menina da Ilha, Marcus, Nilson, Eliana Mara, Herculano, Marcia, Patty, Tati, Ricardo e dos outros e-amigos que não puderam ir me encontrar. E, sim, foi nesta hora, quando estávamos todos juntos e abraçados no meu pensamento, que tive a certeza: Sim, a Senhorita B. também apareceu por lá.

8 comentários:

aeronauta disse...

Que pena ter perdido essa linda festa...

Patricia Evelyne Alves disse...

Renata quase chorei com essa musica e as fotos.Patricia

Janaina Amado disse...

Delícia de texto e fotos, Renata, me senti lá. Beijos!

Nilson disse...

Foi tudo muito legal. E sim, eu vi a Senhorita B. entre as estantes da livraria!

Viviane Costa disse...

Ai, eu amo essa música, adorei ter ido e mais ainda o livro. Beijão.

Maria Muadiê disse...

Como só fazem os livros bacanas, o Vestígios deixou vestígios em mim.
Neste domingo, lendo entrevista de Moacir Scliar lembro da escritora Renata Belmonte: "...Mas, como no passado, literatura tem de ser feita com emoção, com o coração e com as tripas, se possível."
Gostei muito de estar no lançamento e, como vc já sabe, foi muito importante pra mim ler esse livro.
Um beijo com muito carinho,

Sudaca sin papeles disse...

Apareci sim! Só que fiquei escondida atrás de uma prateleira com minha mãe, Dinda.

Senhorita (Navajo) B.

Renata Belmonte disse...

Dinda te ama, minha bonequinha linda!