16 de jan de 2008

Post especialmente feito para gente sem noção:


Pede para sair, 01!

Porque tudo tem um limite.

7 comentários:

Rafael Guedes disse...

Num país como o nosso com políticos tão honestos, uma Justiça que não só tarda, mas, também, falha, com uma polícia que ainda prende uma mulher de MENOR, MAIOR que fosse, numa cela superlotada de homens, etc., na minha humilde opinião, acho que tal post num blog de uma talentosa escritora e advogada desmerece o seu talento, já que este filme retrata uma violência que não deveria ser cogitada em defesa do que quer que fosse, ainda mais da forma como foi postado, portanto, a quem quer que tenha sido este post, saio eu por não precisar ficar num blog tendo o desprazer de ler post desta natureza ridícula, infantil e imatura.
Nenhum limite deveria levar a atos desta natureza e quanto ao meu limite, felizmente, ele nunca me levou e nunca me levará a tanto.

Anônimo disse...

Discordo do Rafael Guedes em muito pontos. A intenção da Renata não foi levantar a bandeira a favor das tropas de elite, mas ressaltar as tensões que acossam a todos nós, e que periga nos levar a abusos de qualquer natureza (e o filme, por mais controverso que seja, reflete isso). Querendo ou não todos somos movidos pelos mesmo sentimentos, inclusive os mais terríveis. É muito, muito fácil disparar : "fulano é reacionário, fulano é corrupto, fulano é violento". A sua dor da garganta é a mesma que acomete seu vizinho. Renata optou por compreender.

Personagem Principal disse...

Num país regido pela Lei de Gérson, é cada um por si. Quem quiser que arrume a melhor maneira de se defender dos sem noção.

Renatilda, "na cara não, que é pra não estragar o velório". Heheheh. Bjs.

Álvaro Andrade disse...

Que discussão bonita...

Sério mesmo.

Então a Renata resolveu dar um stop nas férias... hehe. Blog vicia. =)

aeronauta disse...

Que saudades também! Bom que você quebrou a promessa e voltou a postar. Continue. Bjos.

Rafael Gun disse...

Há pessoas que nem diante do espelho conseguem se ver... E há outras que acham que são mais importantes que o sol. Confesso que já estou de saco cheio desta alimária chamada Rafael Guedes. E ainda mais que ele tem o meu nome... Eh, desinfeta, rapaz!

Álvaro Andrade disse...

Eu entendo... hehe
Por incrível que pareça, já encontrei uma sem noção pra me importunar mas durou só dois dias, resolvi sozinho.

Bjo e boa sorte com os sem noção.

PS:. e Wagner Moura... que figura. Vi dia desses "O paí ó". Aquilo sim é impagável.