18 de jul de 2007

O lamento da Senhorita B.


“Nenhum homem é uma ilha isolada; cada homem é uma partícula do continente, uma parte da terra; se um torrão é arrastado para o mar, a Europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse a casa dos teus amigos ou a tua própria; a morte de qualquer homem diminui-me, porque sou parte do género humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti”.
John Donne


Em memória das vítimas do avião da TAM. Os sinos dobram por vocês.

4 comentários:

Martinho Júnior disse...

Belíssimo texto. Se todos os seres humanos realmente se conscientizassem que são todos irmãos - independente de qualquer coisa -, sem dúvida, a maioria dos problemas do mundo estaria resolvida. A divisão dos seres humanos em castas, religiões, credos, filosófias, esteriótipos, etc, são na realidade, amarras desagregadoras e que têm na imensa maioria das vezes um único propósito: servir de modo de dominação dos manipuladores do poder (qualquer que seja este)diante das massas.

Mayrant Gallo disse...

Maravilhosa escolha, Renata! Para calar os vigilantes da verdade, que são como sombras...

Personagem Principal disse...

Esse negócio de que cada um faz parte de uma coisa só é super budista, né? Adorei.

katherine funke disse...

bem lembrada a citação. muito bem lembrada.