25 de fev de 2008

Pieguice assumida


Uma das melhores coisas de ser humano é a possibilidade de ficar feliz pelas conquistas dos outros, mesmo que estes sejam completos desconhecidos. E confesso, sem qualquer tipo de vergonha, que adoro assistir ao Oscar e torcer para que os meus "escolhidos" sejam, de fato, escolhidos pela Academia. Sabemos que nem sempre o Oscar preza pela qualidade artística, que não raro as escolhas são feitas baseadas em critérios outros... Mas, mesmo assim, continuo acompanhando as transmissões. (No mínimo, faço o enorme esforço de ver vestidos lindos e o George Clooney, mais uma vez).
Enfim... Na edição deste ano, estava torcendo de dedos cruzados para a Marion Cotillard (a bela moça da fotografia acima). Só quem assistiu a sua Edith Piaf pode vislumbrar o que estou falando. Sempre fico feliz ao ver alguém realizar um trabalho bem feito, com entrega e paixão. E, ainda mais, quando esse alguém recebe o reconhecimento tão merecido. Ainda estou com lágrimas nos olhos por causa da vitória da Marion. Quando ela ganhou, quase fiz em voz alta o meu próprio discurso de vencedora do Oscar... Aliás: tenho a secreta teoria de que todo mundo tem seu próprio "discurso" para treinar diante do espelho. Antes que vocês achem que sou maluca, deixo claro que já fiz duas amigas assumirem e declamarem os seus para mim. Portanto, fiquem à vontade para postarem nos comentários seus eventuais "agradecimentos de ganhadores do Oscar".

12 comentários:

Kátia Borges disse...

"Dedico esse prêmio aos que nunca acreditaram que eu pudesse chegar até aqui. E faço questão de agradecer em português, só para dar trabalho aos tradutores". Meu discurso de agradecimento pelo Oscar de Melhor Roteiro Original.

Ivan Dmitri disse...

Sonhos "impossíveis", manias bizarras e tragédias pessoais são destas coisas que ninguém tem até que um cria coragem e conta. Se for numa mesa de bar, então, está aberta a escotilha. Que tal você começar pelo seu?

Renata Belmonte disse...

"Certo dia, me disseram que este meu sonho jamais iria se realizar, que ele era impossível. Dedico este prêmio a todos que, como eu, acreditam em suas próprias fantasias e ousam agir diferente da maioria. Aproveito ainda para agradecer ao meu namorado e minha família por serem sempre os melhores personagens da história da minha vida"
Renata Belmonte- Oscar de Roteiro Original e/ou Direção.

Anônimo disse...

"Obrigado"

Anônimo (sabe-se lá por qual prêmio)

katherine funke disse...

eu não sei o que diria - talvez cantaria algo.

Críticas Criticáveis disse...

And the oscar goes to...adoraria apresentar um prêmio e fazer mto suspense...Mas ha mto q a academia me decepciona, este ano até q foi mais justo e menos comercial

Personagem Principal disse...

Acho que eu faria uma cara de Jennifer Aniston, estilo "Oh, my Gosh, that's unbelievable! Oh, my... thank you, thank you, thank you! *olhos marejados e fim*

ediney disse...

Nada mais raro do que " ser humano é a possibilidade de ficar feliz pelas conquistas dos outros"

Isaque Viana disse...

Eu contaria alguma piadinha clichê.
Tudo bem, tudo bem, eu diria:
"Obrigado. Ah! Eu sou fod**"

Enfim...

Vamos ver como será minha reação. Vamos ver.

Álvaro Andrade disse...

"Obrigado, mas... alguém me ajuda a carregar?"

Depois de ter recebido o prêmio de Melhor Diretor, o de Melhor Roteiro Original, de Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante (inédito isso!), Direção de Arte, Trilha Sonora e Mixagem de Som.

Tem que pensar grande, né?!
:P

Ah, também fiquei muito feliz pela Marion Cotillard. (êita nome bonito!)

Bjo, Senhorita.

fernanda disse...

Adorei o post,Renatita!Especialmente o título!hehehe
Confesso que também assisto ao Oscar,apesar das ressalvas que vc mesma citou.Também estava torcendo muito pra Marion...Piaf, foi quase sempre, a trilha sonora dos natais aqui de casa, dentre outras e outros maravilhosos intérpretes.
Quanto ao discurso,de verdade, nunca parei pra pensar nisso...hehehe..não sou boa de receber elogios e reconhecimento, provavelmente estaria radiante mas, ainda assim, ficaria deslocada e não conseguiria me expressar direito...
Enfim,
I'm back!
Bjosssss

Lidi disse...

"Uma das melhores coisas de ser humano é a possibilidade de ficar feliz pelas conquistas dos outros". Concordo. Você, por exemplo, ainda não ganhou o Oscar, mas eu fico enormemente feliz com tuas conquistas. Beijo.